quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Acção de Sensibilização «Olha à tua Volta! - Patrimónios e Identidades»


A partir de 29 de Setembro, faixas amarelas afixadas no chão, à frente em torno de imóveis de valor patrimonial, serão vistas um pouco por todo o centro-histórico de Setúbal. Esta acção de sensibilização, denominada «Olha à tua Volta! - Patrimónios e Identidades», tem o objectivo específico de atrair a atenção da população para todo o património imóvel que a rodeia, principalmente aquele que é quotidianamente ignorado. Nessas faixas poderão ser observadas algumas descrições históricas sobre os referidos imóveis de interesse patrimonial.

Não obstante alguns dos bens culturais que serão abrangidos se encontrarem francamente degradados e em locais um pouco recônditos - como é o caso dos Portais Góticos do Hospital João Palmeiro - ou se encontrarem perfeitamente inseridos no seguimento da linha das fachadas dos edifícios de uma determinada rua, - como são os casos da Casa das Quatro Cabeças e do Portal da Gafaria -, sendo de certo modo esquecidos pelas pessoas que no seu quotidiano por perto deles deambulam, todos estes edifícios fazem parte do património cultural setubalense e representam simbolicamente a sua identidade. São essencialmente estes patrimónios esquecidos pela população geral e menos divulgados pelos circuitos turísticos que se pretende promover com esta Acção.
___________________________________________________

6 comentários:

Anónimo disse...

pois e acçao de sensibilização para que??

prédios velhos?

o que vao fazer os senhorios investir nos prédios todos de alto a baixo ou so naqueles que lhes interessa as "lojas"

Anónimo disse...

a ideia era boa se os senhorios se preocupassem com as casas velhas e pois eles esta-se borrifando para isso e só dar uma vista de olhos na baixa setubalense e ver como alguns arrendatários tem as casas ao abandono sabem pq só pagam 1.50€ não e com faixas amarelas que vão la

Anónimo disse...

e aberrante a estalagem super antiga que existe junto a igreja de santa Maria junto de uma sede de escuteiros demonstra o abandono puro de um dos edifícios mais antigos da cidade quero ver la a faixa amarela e nao gatos abandonados

André Afonso disse...

É com bom grado que a Associação Elucid'Arte observa comentários das mais variadas pessoas no blog!

Em primeiro lugar, a Acção de Sensibilização «Olha à tua Volta!» surge com o intuito de divulgar o património menos conhecido aos setubalenses, onde, inclusive, serão feitas referências históricas sobre os imóveis abrangidos.
Ou seja, pretendemos com este projecto que, por exemplo, alguém que não conheça o Hospital/Hospício João Palmeiro (a tal estalagem perto da Sé), para além de ficar a conhecer a sua localização, apreenda alguns dados históricos sobre o edificio.
Para além das pessoas ficarem mais informadas sobre algum do património que a rodeia, o objectivo é também fazer a comunidade reflectir sobre o estado de conservação do património setubalense.
A questão das míseras (e antiquissimas) rendas que são pagas no "aluguer" de algumas casas é sem dúvida uma das causas do mau estado de conservação de grande parte do edificado da Baixa.
Por outro lado, mesmo com rendas "actualizadas", os lucros que possam advir futuramente de obras de restauro num edificio não compensam as despesas do investimento feito nessas obras.
Todas estas questões são de todo pertinentes e pretendemos que os setubalenses, os proproetários, as instituições,etc. reflitam sobre toda esta problemática.
Se formos pessimistas e deixarmos tudo como está - sabendo do mau estado de conservação do património, e de muitas das suas causas, mas nada fazendo para alterar o rumo dos acontecimentos - não vale a pena a Associação existir.
Cremos que em primeiro que tudo a população tem que se inteirar e informar acerca do património da cidade - só assim o património poderá ser apropriado pela comunidade, vendo-o como uma herança colectiva e portadora de memórias essenciais para a identidade local.
Isto demora tempo...por vezes, e infelizmente, o tempo necessário para que determinado imóvel se delapide completamente e só depois nos apercebamos da asneira que fizemos.

fizidro disse...

Parabéns por esta iniciativa.
Sugestão: porque não divulgar uma lista de livros e/ou roteiros que abordam o património edificado de Setúbal!?

Alyne disse...

Parabéns pela iniciativa. Tropecei nalgumas destas faixas, e já ando pela baixa com atenção a elas.
Meios simples + eficácia.
vou por uma foto no meu blog.

abraços